fred_pinheiro-retrato_site_joias
Fred Pinheiro

O ofício de joalheiro entrou na minha vida em 1983 pelas mãos do mestre Caio Mourão, referência na história da joalheria contemporânea do Brasil. Em Ipanema, no Rio de Janeiro, fui aprendiz, atuei como professor e me tornei reconhecido como designer de joias artesanais.

Avancei e me tornei sócio da Plural Galeria de Artes. O projeto foi interrompido durante a crise provocada pelo Plano Collor. Porém, a convite, migrei para Uberlândia-MG, para exercer minha segunda profissão: a de fotógrafo. Atendi diversas empresas realizando imagens para campanhas publicitárias. Anos depois voltei ao Rio e para o ofício de joalheiro.

A partir de 2001 participei de exposições e eventos, entre eles, a I Mostra Darcy Penteado de Arte que aconteceu no Museu Brasileiro de Escultura – MUBE, em São Paulo.

As mostras culminaram na abertura da Psicose Joias em São Paulo, eleita pela revista Isto É a loja revelação da Vila Madalena, charmoso bairro que agrega artistas e designers na cidade. Transferi a Psicose Joias para Búzios, no Rio de Janeiro, em 2003. Ali, na Galeria dos Arcos na Rua das Pedras, foi onde mais pude ouvir os clientes, interagir e receber sugestões.

Desde que voltei ao meu ateliê no Rio, equaciono o trabalho de designer de joias e de fotógrafo.

Ávido por novas experiências estou aberto ao uso de materiais alternativos como titânio, madeira, couro, resina, entre outros. O importante é garantir joias diferenciadas, com durabilidade e que contemplem o desejo dos meus clientes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s